Massacre na zona das bananera. Assassinaram 3 membros de uma família na Colômbia

As vítimas são pai, mãe e filho. Aparentemente, a mãe estava grávida.
Um triplo homicídio foi registrado em uma casa humilde em El Salón, jurisdição de Julio Zawady, Zona Banana do departamento de Magdalena, na noite de sábado, 8 de janeiro.
Três pessoas identificadas como Jorge Hernández, Patricia Margarita de Arma, que aparentemente estava grávida, e um menor chamado William Hernández morreram no ato criminoso.
Segundo testemunhas, homens armados entraram na residência e dispararam contra a família, que foi encontrada por vizinhos, que alegaram que seus corpos se encontravam nos corredores que levam aos cômodos da casa.
Por sua vez, a Polícia informou que as investigações correspondentes já foram iniciadas: “Em vista dos últimos homicídios ocorridos em Magdalena, ordenei o envio de pessoal de inteligência da Polícia Judiciária para recolher todas as informações pertinentes que nos levassem a capturar os perpetradores. materiais deste fato ».
“No município da Zona Bananera fomos apresentados a um caso em que três pessoas foram mortas, estamos trabalhando para entregar os resultados das investigações”, disse o coronel Andrés Serna, comandante do Departamento de Polícia de Magdalena.
Diante do ocorrido, o governador de Magdalena, Carlos Caicedo, se manifestou e garantiu que todos esses sangrentos acontecimentos teriam como principais responsáveis ​​ex-paramilitares.
De acordo com o presidente do departamento, os criminosos afirmam que retomaram a atividade criminosa neste departamento, gerando medo e ansiedade na população como no passado.
Caicedo prontamente nomeou Edgar Ariel Córdoba, aliás ‘5-7’, um dos responsáveis ​​pelo massacre de Salado, e José Gregorio Mangones Lugo, aliás ‘Carlos Tijeras’, ex-chefe da Frente paramilitar William Rivas do Bloco do Norte, a quem aponta na capa uma disputa sobre o tráfico de drogas na sub-região norte de Magdalena.
Según Caicedo, esta lucha por el control territorial tiene como protagonistas al grupo armado Los Pachenca y El Clan del Golfo, organizaciones conformadas por herederos del paramilitarismo, quienes en su afán de hacerse con el poder estarían desatando la ola de violencia que sacude a esta parte do país.

0

Deixe uma resposta