Ladrão de motocicletas é brutalmente espancado e tem o pé direito arrancado em Manacapuru

O ladrão de motocicletas Jhonatas Castro da Silva, 18 anos, mais conhecido como “Poeirinha”, foi castigado com extrema violência na tarde desta terça-feira, 4, dentro de um ramal do município de Manacapuru, Região Metropolitana de Manaus.
 
Com a própria arma de fogo de fabricação caseira, calibre 12, que era usada para roubar motocicletas durante os assaltos quele ele praticava, foi disparado um tiro que estraçalhou e arrancou o pé direito de “Poeirinha”.
 
Segundo relatos de algumas pessoas, o ladrão e seus comparsas derrubavam os motoqueiros dentro dos ramais que conduzem às comunidades da zona rural de Manacapuru.
As motocicletas eram roubadas e seus proprietários colocados para correr, se não quisessem ser assassinados por “Poeirinha” e seus comparsas, identificados como “Vinícius” e “Mateus, que estão foragidos. 
 
Na tarde desta terça-feira, quando estavam prontos para fazer mais um assalto no ramal do Nik Nik, que vai para a Comunidade São João do Miriti, os bandidos foram surpreendidos por um grupo de populares e somente dois deles conseguiram fugir.
 
“Poeirinha” foi o único a ser capturado, sofreu um duro espancamento e seu pé direito foi arrancado com o tiro à queima roupa disparado com a própria arma de fogo que ele usava na rendição dos motociclistas.
 
Quando uma equipe de policiais militares do Batalhão de Manacapuru chegou ao ramal do Nik Nik, “Poeirinha” já estava sem um lado do pé, bastante machucado e a arma de fogo estava ao seu lado com a única munição deflagrada. 
“Poeirinha” foi levado para a Unidade Hospitalar de Manacapuru, onde precisou de uma cirurgia na perna que ficou sem o pé.
 
Quando receber alta da unidade hospitalar, o perigoso ladrão de motocicletas será apresentado na Delegacia Interativa de Polícia de Manacapuru para ser indiciado e vai responder por uma série de assaltos que praticou.
 
Agora que a polícia de Manacapuru já sabe que são os outros dois bandidos que participavam dos assaltos a motociclistas nos ramais do município, uma força-tarefa foi montada para capturar “Mateus” e Vinícius”. 
Foi o próprio pai quem socorreu o ladrão de motocicletas que teve o pé direito decepado com um tiro de arma de fabricação caseira na tarde da última terça-feira, 4, em um ramal do município de Manacapuru, Região Metropolitana de Manaus.
Um vídeo que está compartilhado em grupos de WhatsApp desde o começo da manhã desta quarta-feira, 5, mostra o pai lembrando dos bons conselhos que deu, mas o filho que é considerado um ladrão perigoso, nunca quis ouvir.
o pai diz para o filho criminoso: “Se tivesse morto o que eu podia fazer, só te enterrar. Eu te avisei. Eu boto comida todo dia dentro de casa. Mas tu quer ta numa vida dessa. Olha ai no que é que dá”.
Outro detalhe que chama atenção nas imagens é quer o próprio pai aparece segurando o pé arrancado da perna direita do filho e também usa sua própria camisa para enrolar o ferimento enquanto “Poeirinha” apenas geme de dor.
Segundo informações de policiais militares o marginal “Poeirinha” e todos os seus comparsas que vinham roubando motocicletas dentro dos ramais da zona rural são moradores do bairro da Morada do Sol no município de Manacapuru.
“Poeirinha” havia sido capturado dentro do ramal Nik Nik durante a tarde, espancado brutalmente e no final teve o pé direito arrancado com golpes de terçado e com um tiro de sua própria arma de fabricação caseira
Depois de ser encontrado pelo pai e outras pessoas ele foi levado para o hospital de Manacapuru e por outro lado, a polícia ainda não tem pistas das pessoas que participaram da cessão de tortura ao bandido.

5
𑁍 ֟፝͜͡⛧𝓘'𝓶 𝓷𝓸𝓽 𝓰𝓸𝓸𝓭, 𝓘'𝓶 𝓷𝓸𝓽 𝓫𝓪𝓭, 𝓘'𝓶 𝓯𝓪𝓲𝓻 𝓪𝓷𝓭 𝓮𝓿𝓮𝓻𝔂𝓸𝓷𝓮 𝓰𝓮𝓽𝓼 𝔀𝓱𝓪𝓽 𝓽𝓱𝓮𝔂 𝓭𝓮𝓼𝓮𝓻𝓿𝓮 𝓯𝓻𝓸𝓶 𝓶𝓮.❥ ֟፝͜͡𑁍

1 thought on “Ladrão de motocicletas é brutalmente espancado e tem o pé direito arrancado em Manacapuru

Deixe uma resposta