Transexual é morta em travessa da avenida Indianópolis, em São Paulo


Uma transexual foi encontrada morta durante a madrugada deste sábado (23), nas imediações da avenida Indianópolis, no Planalto Paulista (zona sul de São Paulo).
A região é conhecida como um tradicional ponto de prostituição da noite paulistana, que reúne entre as profissionais do sexo mulheres, transsexuais e travestis.
Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública), policiais militares patrulhavam o bairro quando foram acionados para atender uma ocorrência de agressão na alameda dos Uapês.
No local, encontraram a vítima no chão e com sangramento pelo corpo. Ao Agora, a PM afirmou ter sido acionada às 3h06, e, no local apontado encontraram uma pessoa ferida por arma branca. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e constatou a morte no local. Ela não havia sido identificada até a conclusão deste texto.
Garotas de programa que atuam na região dizem que a transexual foi esfaqueada e jogada para fora de um carro. O caso foi registrado no 16° DP (Vila Clementino), mas será investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

5

4 thoughts on “Transexual é morta em travessa da avenida Indianópolis, em São Paulo

  1. Man that’s so sad :/ hatred towards transexual people is so stupid :c just leave people do what their love, why do they have to kill someone for living the way they want without hurting anybody? also a lot of transexual girls have to become sex workers becase what else can they do with all the discrimination, is so hard to find a job where they let you stay only because you have a dick in a feminine body

    0

Deixe uma resposta